Saúde

Sida: Infeções caíram 25% em todo o mundo

NULL
Versão para impressão
O número de novas infeções por HIV no mundo caiu 25% na última década, com menos 26% de crianças infetadas em 2009 e “progressos significativos” no acesso ao tratamento e à prevenção da sida, indica o novo relatório da agência das Nações Unidas para a sida.

No ano em que se assinalam os 30 anos do aparecimento do primeiro caso de sida, um relatório divulgado pelo Programa das Nações Unidas sobre HIV/Sida (UNAIDS) avança dados animadores em relação à evolução da doença e resultados dos tratamentos aplicados: a taxa global de novas infeções pelo HIV diminuiu quase 25% entre 2001 e 2009.

O comunicado da UNAIDS explica que nos últimos anos tem havido “progressos significativos” no que diz respeito à prevenção de novas infeções pelo HIV entre as crianças, graças ao número crescente de mulheres grávidas infetadas que têm tido acesso à profilaxia antirretroviral durante a gravidez, parto e amamentação. Resultado desta medida o número de crianças infetadas com o HIV em 2009 foi 26% menor que em 2001.

Em 2010, cerca de 6,6 milhões de pessoas receberam terapia antirretroviral em países de renda média e baixa, um valor 22 vezes superior aos valores de 2001, segundo o novo relatório.  

Mais 50% de crianças com acesso a tratamento

Em relação ao tratamento da sida foi batido um recorde em 2010, com 1.4 milhões de pessoas a iniciarem terapias capazes de salvar vidas. Entre estas pessoas 420.000 são crianças, o que representa um aumento de 50% em relação aos dados de 2008, quando apenas 275 000 crianças estavam em tratamento.

Segundo Michel Sidibé, diretor executivo da Unaids, “a terapia antirretroviral é uma grande mudança no jogo, não só impede as pessoas de morrer, como evita a transmissão do HIV para mulheres, homens e crianças.”

Estas declarações surgem no seguimento dos últimos resultados do ensaio HPTN052 que descobriram que uma pessoa infetada com HIV que adira a um regime eficaz antirretroviral, reduz até 96% o risco de transmitir o vírus aos seus parceiros sexuais.

Na Índia, a taxa de novas infeções pelo HIV caiu mais de 50% e na África do Sul mais de 35%, os países com maior número de pessoas infetadas com HIV nestes continentes.

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes]

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório