Saúde

Quer emagrecer? Pese-se todos os dias, sugere estudo

Se quer perder peso, subir à balança diariamente pode ajudar. A conclusão é de um estudo norte-americano, que revela que pesar-se todos os dias e registar, por escrito, os resultados facilita a tarefa de quem quer emagrecer.
Versão para impressão
Se quer perder peso, subir à balança diariamente pode ajudar. A conclusão é de um estudo norte-americano, que revela que pesar-se todos os dias e registar, por escrito, os resultados facilita a tarefa de quem quer emagrecer, já que nos “obriga” a prestar atenção à relação entre quanto pesamos e o que comemos.
 
A investigação, levada a cabo durante dois anos por uma equipa da Universidade de Cornell, nos EUA, acaba de ser publicada na revista científica Journal of Obesity e sugere que o hábito de “enfrentar” regularmente a balança é eficaz na perda de peso e na manutenção dos resultados alcançados, em especial entre os homens.
 
Os cientistas, liderados por David Levitsky, professor de psicologia e nutrição, seguiram 162 indivíduos (homens e mulheres) que foram divididos aleatoriamente em dois grupos – um de intervenção e outro de controlo.
 
Aos indivíduos do grupo de controlo foi pedido que perdessem 1% do peso corporal através de qualquer método pretendido. “Como não quisemos 'receitar' [uma solução para a perda de peso], todos o fizeram à sua maneira: reduziram o tamanho das porções, acabaram com os aperitivos ou saltaram uma refeição”, conta Levitsky em comunicado, explicando que a perda de 1% do peso implica apenas “o corte de cerca de 150 calorias diárias durante duas semanas”.
 
Depois de manterem a perda de peso conseguida durante 10 dias, os voluntários foram convidados a atingir uma nova meta: perder mais 1% do peso, um objetivo que foram renovando até perderem 10% do peso corporal com que iniciaram a experiência.

Segundo os investigadores, tanto os homens como as mulheres emagreceram, mas a perda de peso foi especialmente assinalável entre os participantes do sexo masculino.

Pesagens diárias aumentam motivação
 

“[Para fazer a diferença] basta uma balança de casa-de-banho e uma folha de cálculo 'Excel' ou de papel quadriculado”, realça Levitsky, explicando que as pesagens regulares “obrigam a que haja consciência da relação entre o que comemos e o que pesamos”. Embora muitos especialistas defendam que a subida diária à balança não é recomendável, o nutricionista assegura que este estudo prova o contrário.
 
De acordo com a equipa, aqueles que se pesam diariamente têm maior motivação para manter comportamentos benéficos para a dieta, como comer menos ou fazer caminhadas. “Achamos que a balança torna as pessoas mais conscientes acerca da alimentação e permite que façam escolhas consistentes com o seu peso”, justifica Levitsky.
 
Os investigadores vão, agora, continuar a testar a eficácia deste método no âmbito de um programa de prevenção de ganho de peso entre os estudantes da Universidade de Cornell que termina em 2016 e preparam-se, igualmente, para aplicá-lo em crianças e adolescentes com excesso de peso.
 
Levitsky e os colegas planeiam também, futuramente, “apurar se este método pode prevenir o ganho de peso relacionado com o envelhecimento”, já que a maioria das pessoas começa a engordar a partir dos 40 anos.

Clique AQUI para aceder ao estudo (em inglês).

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório