Saúde

Quer emagrecer? Pese-se todos os dias, sugere estudo

Se quer perder peso, subir à balança diariamente pode ajudar. A conclusão é de um estudo norte-americano, que revela que pesar-se todos os dias e registar, por escrito, os resultados facilita a tarefa de quem quer emagrecer.
Versão para impressão
Se quer perder peso, subir à balança diariamente pode ajudar. A conclusão é de um estudo norte-americano, que revela que pesar-se todos os dias e registar, por escrito, os resultados facilita a tarefa de quem quer emagrecer, já que nos “obriga” a prestar atenção à relação entre quanto pesamos e o que comemos.
 
A investigação, levada a cabo durante dois anos por uma equipa da Universidade de Cornell, nos EUA, acaba de ser publicada na revista científica Journal of Obesity e sugere que o hábito de “enfrentar” regularmente a balança é eficaz na perda de peso e na manutenção dos resultados alcançados, em especial entre os homens.
 
Os cientistas, liderados por David Levitsky, professor de psicologia e nutrição, seguiram 162 indivíduos (homens e mulheres) que foram divididos aleatoriamente em dois grupos – um de intervenção e outro de controlo.
 
Aos indivíduos do grupo de controlo foi pedido que perdessem 1% do peso corporal através de qualquer método pretendido. “Como não quisemos 'receitar' [uma solução para a perda de peso], todos o fizeram à sua maneira: reduziram o tamanho das porções, acabaram com os aperitivos ou saltaram uma refeição”, conta Levitsky em comunicado, explicando que a perda de 1% do peso implica apenas “o corte de cerca de 150 calorias diárias durante duas semanas”.
 
Depois de manterem a perda de peso conseguida durante 10 dias, os voluntários foram convidados a atingir uma nova meta: perder mais 1% do peso, um objetivo que foram renovando até perderem 10% do peso corporal com que iniciaram a experiência.

Segundo os investigadores, tanto os homens como as mulheres emagreceram, mas a perda de peso foi especialmente assinalável entre os participantes do sexo masculino.

Pesagens diárias aumentam motivação
 

“[Para fazer a diferença] basta uma balança de casa-de-banho e uma folha de cálculo 'Excel' ou de papel quadriculado”, realça Levitsky, explicando que as pesagens regulares “obrigam a que haja consciência da relação entre o que comemos e o que pesamos”. Embora muitos especialistas defendam que a subida diária à balança não é recomendável, o nutricionista assegura que este estudo prova o contrário.
 
De acordo com a equipa, aqueles que se pesam diariamente têm maior motivação para manter comportamentos benéficos para a dieta, como comer menos ou fazer caminhadas. “Achamos que a balança torna as pessoas mais conscientes acerca da alimentação e permite que façam escolhas consistentes com o seu peso”, justifica Levitsky.
 
Os investigadores vão, agora, continuar a testar a eficácia deste método no âmbito de um programa de prevenção de ganho de peso entre os estudantes da Universidade de Cornell que termina em 2016 e preparam-se, igualmente, para aplicá-lo em crianças e adolescentes com excesso de peso.
 
Levitsky e os colegas planeiam também, futuramente, “apurar se este método pode prevenir o ganho de peso relacionado com o envelhecimento”, já que a maioria das pessoas começa a engordar a partir dos 40 anos.

Clique AQUI para aceder ao estudo (em inglês).

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close