i9magazine

Prémio BPI Solidário distingue 21 projetos para combater a pobreza e a exclusão social em Portugal

Versão para impressão

 

No âmbito da 3ª edição do Prémio BPI Solidário, o BPI e a Fundação ”la Caixa” entregaram hoje 750 mil euros a 21 instituições para apoiar projetos que visam promover a melhoria da qualidade de vida de pessoas que se encontrem em situação de pobreza e exclusão social.

No total foram recebidas 243 candidaturas, um número que reflete a relevância deste tema. Os projetos distinguidos promovem diferentes respostas sociais, onde se incluem: a recuperação de habitações degradadas, o apoio a famílias em situação de pobreza, a capacitação de reclusos e ex-reclusos, a criação de negócios sociais para a geração de emprego, projetos inclusivos dirigidos a crianças e jovens em situação ou em risco de exclusão, entre outros.

O Prémio BPI Solidário insere-se na política de responsabilidade social do Banco e conta, a partir desta edição, com o apoio da Fundação ”la Caixa”. As duas entidades estabeleceram um acordo de colaboração para o desenvolvimento de projetos de carácter social e cultural em Portugal após a entrada do BPI no grupo CaixaBank.

O BPI Solidário complementa o apoio concedido com os Prémios BPI Capacitar e BPI Seniores – destinados a apoiar pessoas com deficiência e os mais velhos, respetivamente. Nos últimos nove anos, os Prémios BPI já atribuíram 9 milhões de euros para a implementação de 311 projetos, o que constitui uma das mais relevantes iniciativas de Responsabilidade Social Corporativa em Portugal.

21 Projetos distinguidos na 3ª edição do Prémio BPI Solidário

O Júri analisou e selecionou os projetos que considerou mais sustentáveis, mais inovadores e com maior impacto social. Foram reconhecidos os projetos apresentados pelas seguintes 21 instituições: Associação de Promoção Social Cultural e Desportiva de Fornos de Algodres; Associação Just a Change; ABRAÇO; ADIL – Associação para o Desenvolvimento Integral de Lordelo; APAC Portugal; Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa – APCL; Associação de Solidariedade Subud; Associação Porta d’O Mais; Associação RECOVERY IPSS; Associação Vale de Acór – Oficinas do Sabor; Casa Sant’Ana – Comunidade de Inserção para Mulheres em Situação de Risco; Centro Comunitário Paróquia da Parede – Projeto Rota da Mudança; CRIT – Centro de Reabilitação e Integração Torrejano; Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação da Trofa; Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Barcelos; Grupo Aprender em Festa; Instituto de Apoio à Criança; KAIRÓS – Cooperativa de Incubação de Iniciativas de Economia Solidária; PASEC – Plataforma de Animadores Socioeducativos e Culturais; Santa Casa da Misericórdia de Vila Nova de Gaia; Santa Casa da Misericórdia do Divino Espírito Santo da Maia.

Nas duas edições anteriores, o BPI Solidário premiou 32 projetos, de norte a sul do país, com um donativo total de 1,4 milhões de euros.

O conteúdo Prémio BPI Solidário distingue 21 projetos para combater a pobreza e a exclusão social em Portugal aparece primeiro em i9 magazine.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub