Sociedade

Portugal é dos que mais apoia ajuda humanitária

Os portugueses estão entre os cidadãos da União Europeia que mais apoiam e defendem o investimento das entidades europeias em ajuda humanitária, a par de outros quatro países. A conclusão resulta de um estudo divulgado esta sexta-feira, em Bruxelas,
Versão para impressão
Os portugueses estão entre os cidadãos da União Europeia que mais apoiam e defendem o investimento das entidades europeias em ajuda humanitária, a par de outros quatro países. A conclusão resulta de um estudo divulgado esta sexta-feira, em Bruxelas, pela Comissão Europeia.

A investigação recorreu a um inquérito que mediu o apoio às verbas da ajuda humanitária através do “eurobarómetro”, adianta a Agência Lusa.

Os cinco países que se revelaram mais apoiantes da ajuda humanitária foram a Grécia, com 93% dos inquiridos favoráveis, a Dinamarca, com 92%, Portugal e Bulgária, ambos com 91%, e a Irlanda, com 90%.

Curiosamente, entre estes países encontram-se os três que têm planos de resgate em curso, fator que não desmotiva a aposta no auxílio aos outros.

Do lado oposto, os países com mais inquiridos a revelarem-se menos favoráveis a investimentos feitos nas acções de ajuda humanitária foram a Bélgica e a Áustria, com 21% e 19% respetivamente.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub