Cultura

Poemas de Fado traduzidos para inglês

A partir de agora, muitos admiradores estrangeiros vão poder descobrir de que palavras se faz afinal o Fado. A antologia Saudade, lançada esta semana pela delegação londrina da Fundação Calouste Gulbenkian, reúne traduçõe
Versão para impressão
[Foto: Francisco Leal via MySpace.com]

A partir de agora, muitos admiradores estrangeiros vão poder descobrir de que palavras se faz afinal o Fado. A antologia Saudade, lançada esta semana pela delegação londrina da Fundação Calouste Gulbenkian, reúne traduções de 53 poemas para a língua inglesa, incluindo “Estranha Forma de Vida”, de Amália Rodrigues, e “Gaivota”, de Alexandre O’Neill.

A responsável pelo projeto, Mimi Khalvati, explica à agência Lusa que o objetivo da antologia é “dar uma panorâmica geral do que é o fado”. Por isso, foram escolhidos poemas antigos, modernos, populares, eruditos, românticos e também de cariz político.

Editada em versão bilingue, Saudade torna “disponível ao público internacional a temática abordada nos poemas do Fado”. Isabel Lucena, do departamento de artes da delegação da Gulbenkian em Londres, frisa que o Fado tornou-se “bastante conhecido internacionalmente nos últimos anos, mas em geral as pessoas desconhecem a diversidade e a complexidade da poesia do fado”. 

No entanto, levanta-se a questão: como traduzir fielmente as emoções transmitidas pelo Fado e por uma língua tão particular, a única no mundo que fez nascer a palavra “saudade” – precisamente o título desta antologia? “Alguns [dos textos] são bastante próximos do original, outros são mais imitações livres e alguns estão no meio”, refere Mimi Khalvati.

Os textos foram traduzidos por 18 poetas anglófonos, todos tradutores experientes. Cada um teve a seu cargo três poemas, selecionados previamente pelo escritor Vasco Graça-Moura – ele próprio autor de um dos poemas escolhidos.

Todos tiveram liberdade no seu trabalho de tradução e enquanto uns tentaram manter-se fiéis ao original, outros “abandonaram a consideração formal poética, como as rimas e a métrica”, explica Mimi Khalvati.

O livro estará disponível nas livrarias tradicionais e também nos principais portais online, como a Amazon.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório