Cultura

Moçambique elogia trabalho de arquiteta lusa nos museus

NULL
Versão para impressão
A renovação e requalificação dos museus moçambicanos, trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pela arquiteta portuguesa Ana Lacerda, foi reconhecido no VI Encontro de Museus de Países e Comunidades de Língua Portuguesa.

O evento terminou esta terça-feira no Museu do Oriente e teve como principal objetivo aprofundar experiências entre os profissionais de língua portuguesa do ramo dos museus.

O destaque para o trabalho da arquiteta portuguesa partiu da iniciativa da museóloga Alda Costa, diretora de Cultura da Universidade Eduardo Mondlane, em Maputo.

Em declarações à Agência Lusa, Alda Costa sublinhou a importância do trabalho de Ana Lacerda na renovação e requalificação dos antigos museus em Moçambique, uma vez que vai “ao encontro de uma linguagem atual”.

O Estado moçambicano tem tido “uma grande preocupação com a afirmação do ser moçambicano e em resgatar a história e cultura negadas”, salientou Alda Costa, que deu como exemplo o Museu da Revolução, em Maputo.

[Notícia sugerida por Ana Isa Fernandes]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório