Saúde

Mais médicos de família até 2015

A ministra da Saúde Ana Jorge referiu esta semana numa deslocação a Castelo Branco para inaugurar um novo centro de saúde que em 2014/2015 haverá médicos suficientes para que a maioria dos portugueses tenha médico de família.

Versão para impressão
A ministra da Saúde Ana Jorge referiu esta semana numa deslocação a Castelo Branco para inaugurar um novo centro de saúde que em 2014/2015 haverá médicos suficientes para que a maioria dos portugueses tenha médico de família.

“Com o aumento do número de alunos que entrou nas universidades e dos cursos existentes, será possível que em 2014/2015 possamos ter um número de médicos suficientes que nos permita atribuir médico de família à maioria dos portugueses”, referiu Ana Jorge.

A falta de médicos de família foi um dos alertas deixados pelo presidente da Câmara da região, José Marques, afirmando que “a vinda de recursos humanos para Oleiros é uma urgência. Há três extensões de saúde que não funcionam por falta de médicos”.

O autarca lembrou que o novo centro presta cuidados a 5.613 utentes, através de uma equipa composta por quatro médicos, um dos quais de baixa clínica há vários meses, 10 enfermeiros, sete assistentes técnicos e oito assistentes operacionais.    

Integrado na Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, o novo Centro de Saúde de Oleiros está a funcionar desde novembro de 2010 e representou um investimento superior a 1,5 milhões de euros.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub