Saúde

Mais médicos de família até 2015

A ministra da Saúde Ana Jorge referiu esta semana numa deslocação a Castelo Branco para inaugurar um novo centro de saúde que em 2014/2015 haverá médicos suficientes para que a maioria dos portugueses tenha médico de família.

Versão para impressão
A ministra da Saúde Ana Jorge referiu esta semana numa deslocação a Castelo Branco para inaugurar um novo centro de saúde que em 2014/2015 haverá médicos suficientes para que a maioria dos portugueses tenha médico de família.

“Com o aumento do número de alunos que entrou nas universidades e dos cursos existentes, será possível que em 2014/2015 possamos ter um número de médicos suficientes que nos permita atribuir médico de família à maioria dos portugueses”, referiu Ana Jorge.

A falta de médicos de família foi um dos alertas deixados pelo presidente da Câmara da região, José Marques, afirmando que “a vinda de recursos humanos para Oleiros é uma urgência. Há três extensões de saúde que não funcionam por falta de médicos”.

O autarca lembrou que o novo centro presta cuidados a 5.613 utentes, através de uma equipa composta por quatro médicos, um dos quais de baixa clínica há vários meses, 10 enfermeiros, sete assistentes técnicos e oito assistentes operacionais.    

Integrado na Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, o novo Centro de Saúde de Oleiros está a funcionar desde novembro de 2010 e representou um investimento superior a 1,5 milhões de euros.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close