Cultura

Maestrina Joana Carneiro distinguida nos EUA

A maestrina Joana Carneiro, atual diretora musical da Berkeley Symphony (EUA), foi premiada com o galardão Helen M. Thompson, uma distinção da Liga das Orquestras Americanas pelo seu talento.
Versão para impressão
A maestrina Joana Carneiro, atual diretora musical da Berkeley Symphony (EUA), foi premiada com o galardão Helen M. Thompson, uma distinção da Liga das Orquestras Americanas pelo seu talento.

A Liga das Orquestras Americanas justifica, em comunicado, a atribuição do prémio à maestrina portuguesa: “Em apenas uma época, o talento excecional de Joana Carneiro inspirou os músicos da Berkeley Simphony e aumentou a qualidade do seu desempenho”.

A nota destaca ainda o facto de a maestrina ter conseguido estabelecer “novas relações organizacionais e ligações mais profundas com o público”. “A resposta do público à liderança de Joana Carneiro pode ser medida pela taxa recorde de inscrições na orquestra na sua primeira temporada”, acrescenta o documento.

Com apenas 33 anos, Joana Carneiro manifesta à agência Lusa o seu grande apreço pela distinção: “É um prémio que me comove muito porque foi atribuído ao fim de muito pouco tempo à frente de uma orquestra americana e é um grande incentivo para nós continuarmos e continuarmos a sonhar muito alto em Berkeley”, revelou.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório