Sociedade

Loures cria hortas comunitárias

É uma iniciativa a que cada vez mais municípios aderem e Loures não quer ficar de fora: ao abrigo de um protocolo assinado com a Associação Portuguesa de Agricultura Biológica (Agrobio), a autarquia pretende converter terrenos municipais em hortas bi
Versão para impressão
É uma iniciativa a que cada vez mais municípios aderem e Loures não quer ficar de fora: ao abrigo de um protocolo assinado com a Associação Portuguesa de Agricultura Biológica (Agrobio), a autarquia pretende converter terrenos municipais em hortas biológicas comunitárias e empresariais.

A ideia é, pois, incentivar à produção biológica, sobretudo entre os mais jovens. Já estão, por isso, delineadas diversas ações de sensibilização em escolas, para promover uma alimentação saudável e “estilos de vida responsáveis”, avançou a vereadora do Desenvolvimento Socio-Económico, Emília de Figueiredo, ao jornal Público.

Quanto às hortas, prevê-se que sejam exploradas pelas comunidades locais, sobretudo jovens agricultores, e também por empresas, cujos lucros de produção vão reverter, em parte, a favor de famílias carenciadas do município.

Ainda não está definido um prazo de execução, mas a Câmara de Loures conta com o apoio de entidades como a Cooperativa Agrícola de Loures e a Confederação Nacional dos Jovens Agricultores para dinamizar o processo.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório