Sociedade

Loures cria hortas comunitárias

É uma iniciativa a que cada vez mais municípios aderem e Loures não quer ficar de fora: ao abrigo de um protocolo assinado com a Associação Portuguesa de Agricultura Biológica (Agrobio), a autarquia pretende converter terrenos municipais em hortas bi
Versão para impressão
É uma iniciativa a que cada vez mais municípios aderem e Loures não quer ficar de fora: ao abrigo de um protocolo assinado com a Associação Portuguesa de Agricultura Biológica (Agrobio), a autarquia pretende converter terrenos municipais em hortas biológicas comunitárias e empresariais.

A ideia é, pois, incentivar à produção biológica, sobretudo entre os mais jovens. Já estão, por isso, delineadas diversas ações de sensibilização em escolas, para promover uma alimentação saudável e “estilos de vida responsáveis”, avançou a vereadora do Desenvolvimento Socio-Económico, Emília de Figueiredo, ao jornal Público.

Quanto às hortas, prevê-se que sejam exploradas pelas comunidades locais, sobretudo jovens agricultores, e também por empresas, cujos lucros de produção vão reverter, em parte, a favor de famílias carenciadas do município.

Ainda não está definido um prazo de execução, mas a Câmara de Loures conta com o apoio de entidades como a Cooperativa Agrícola de Loures e a Confederação Nacional dos Jovens Agricultores para dinamizar o processo.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close