Literatura

Livro: “A Nova Interpretação dos Sonhos”

Desde 1899, nenhum psicanalista fez novas propostas para as teorias de Freud sobre a interpretação dos sonhos. Um problema que o psicólogo Tobie Nathan tenta ultrapassar no livro "A Nova Interpretação dos Sonhos".
Versão para impressão
Desde 1899, nenhum psicanalista fez novas propostas para as teorias de Freud sobre a interpretação dos sonhos. Hoje em dia, a maioria dos investigadores que trabalham sobre os sonhos são neurocientistas que excluem a noção de interpretação. Um problema que o psicólogo Tobie Nathan tenta ultrapassar no livro “A Nova Interpretação dos Sonhos”.

Sem medo de enfrentar os cânones, Tobie Nathan, professor de Psicologia na Universidade de Paris-VIII e autor de vários livros, ousa uma “nova interpretação” das teorias defendidas por Freud na sua mítica obra “A Interpretação dos Sonhos”.

Recorrendo às mais recentes investigações no campo das neurociências e integrando também as leituras das mitologias grega, africana, judia e árabe, Tobie Nathan, vem assim refutar o legado do pai da psicanálise e constrói como que um guia interior para ajudar o explorador dos sonhos a devolver dignidade a esta dimensão tão crucial das nossas vidas.

Neste livro, editado pela Livros Horizontes, este especialista – considerado o pai da etnopsiquiatria – fornece as chaves que nos permitem compreender, por exemplo, como funciona um sonho, para que serve sonhar, qual a diferença entre um sonho e um pesadelo e como interpretar os sinais de alerta dos sonhos.

Algumas curiosidades sobre os sonhos:

O ser humano sonha, em média, durante 100 minutos por dia mas todos os animais de sangue quente sonham – mesmo os fetos dentro da barriga da mãe ou os pintainhos nos ovos.

A duração dos sonhos varia muito de espécie para espécie. Os pássaros têm sonhos de 10 a 15 segundos, já as vacas sonham cerca de 15 minutos por dia e os gatos chegam aos 200 minutos diários, tornando-se assim os campeões oníricos.

O sono ocupa um terço da nossa vida, e por sua vez 25% desse tempo é consagrado aos sonhos. Assim, uma pessoa com 60 anos passou cinco anos da sua vida a sonhar.

Clique AQUI para saber mais sobre esta obra.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório