Literatura

Literatura: Mia Couto finalista do “Nobel” dos EUA

Com a obra "Terra Sonâmbula", o escritor moçambicano Mia Couto está entre os nove finalistas do Prémio Neustadt 2014, um prestigiado prémio literário internacional dos Estados Unidos, conhecido como o "Nobel americano".
Versão para impressão
Com a obra “Terra Sonâmbula”, o escritor moçambicano Mia Couto está entre os nove finalistas do Prémio Neustadt 2014, um prestigiado prémio literário internacional dos Estados Unidos, conhecido como o “Nobel americano”.
 
Ao lado de escritores como o argentino César Aira, o norte-americano Edward P. Jones e a vietnamita Duong Thu Huong, Mia Couto faz parte da lista de nove nomeados para o Neustadt, tornando-se no primeiro escritor moçambicano a ficar entre os finalistas deste prémio.
 
Mia Couto foi nomeado pela escritora italo-etíope Gabriella Ghermandi, com a obra “Terra Sonâmbula”, de 1992, que é considerada um dos 12 melhores livros africanos do século XX.
 
O Prémio Neustadt é atribuído de dois em dois anos e tem um valor de 50 mil dólares, mais de 38 mil euros. Em 2012, o vencedor do prémio foi o indiano Rohinton Mistry.

Clique AQUI para consultar a página do prémio.


Notícia sugerida por Maria da Luz

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub