Desporto

Judo: Invisual conquista cinturão negro

O sintrense Carlos Diniz tornou-se, no passado dia 3 de julho, no primeiro invisual com cinturão negro de judo em Portugal. O atleta graduou-se como "1º Dan" após realizar um exame parante um júri nacional de peritos na modalidade.
Versão para impressão
O sintrense Carlos Diniz tornou-se, no passado dia 3 de julho, no primeiro invisual com cinturão negro de judo em Portugal. O atleta graduou-se como 1º DAN após realizar um exame parante um júri nacional de peritos na modalidade.

O atleta, que começou a praticar a modalidade aos 17 anos, na Amadora, estreou-se na secção de judo para cegos do Judo Clube de Sintra em 2007 – que é, aliás, pioneira no país e cujo crescimento tem sido assinalável; atualmente, mais de dez invisuais praticam a modalidade.

“Carlos Diniz é um exemplo para todos, judocas ou não judocas, cegos ou normavisuais, pois mostrou que, com trabalho e determinação, todos têm excelentes hipóteses de atingir os objetivos, independentemente dos constrangimentos a que estamos sujeitos”, afirmou o vice-presidente da Câmara de Sintra, Marco Almeida, na cerimónia de graduação do atleta.

Desde 2008, a classe de judocas invisuais/amblíopes já realizou demonstrações na Taça do Mundo de Judo 2009 em Almada, no Sportshow na FIL 2010 e participou em acões/workshops em Miranda do Corvo e Castelo Branco.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório