Desporto

Judo: Invisual conquista cinturão negro

O sintrense Carlos Diniz tornou-se, no passado dia 3 de julho, no primeiro invisual com cinturão negro de judo em Portugal. O atleta graduou-se como "1º Dan" após realizar um exame parante um júri nacional de peritos na modalidade.
Versão para impressão
O sintrense Carlos Diniz tornou-se, no passado dia 3 de julho, no primeiro invisual com cinturão negro de judo em Portugal. O atleta graduou-se como 1º DAN após realizar um exame parante um júri nacional de peritos na modalidade.

O atleta, que começou a praticar a modalidade aos 17 anos, na Amadora, estreou-se na secção de judo para cegos do Judo Clube de Sintra em 2007 – que é, aliás, pioneira no país e cujo crescimento tem sido assinalável; atualmente, mais de dez invisuais praticam a modalidade.

“Carlos Diniz é um exemplo para todos, judocas ou não judocas, cegos ou normavisuais, pois mostrou que, com trabalho e determinação, todos têm excelentes hipóteses de atingir os objetivos, independentemente dos constrangimentos a que estamos sujeitos”, afirmou o vice-presidente da Câmara de Sintra, Marco Almeida, na cerimónia de graduação do atleta.

Desde 2008, a classe de judocas invisuais/amblíopes já realizou demonstrações na Taça do Mundo de Judo 2009 em Almada, no Sportshow na FIL 2010 e participou em acões/workshops em Miranda do Corvo e Castelo Branco.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close