Cultura

Jornal britânico elogia “alma poética” de Coimbra

NULL
Versão para impressão
“Glorioso passado, alma poética e sonoridade única”, são algumas das palavras com que o jornal britânico “The Telegraph” descreve a cidade de Coimbra, numa reportagem publicada esta segunda-feira.

O artigo, da autoria de Tim Pozzi, refere que a Universidade de Coimbra, fundada em 1290, é a mais antiga e distinguida do país, reforçando a importância da instituição com os 35.000 estudantes que emprestam à cidade a sua “vitalidade”, com as praxes e a serenata nos degarus da Catedral.

O fado de Coimbra não podia deixar de ser referido nesta peça que explica que se trata de um tipo de fado “único, cantado apenas por homens e considerado mais refinado que o de Lisboa”. “É maravilhoso de se ouvir mesmo que não se consiga perceber uma palavra que o cantor rebusque da sua alma angustiada”, lê-se no artigo.

Em termos de  monumentos, o destaque do jornal britânico vai para livraria do Palácio Real, com os seus arcos triunfais, paredes repletas de prateleiras com livros antigos e mesas embelezadas com arte lacada chinesa.

O jornalista Tim Pozzi retrata assim Coimbra como uma cidade onde “o antigo e o moderno casam”com “bonitas praças e avenidas adornadas com plantas e flores” salientando que, apesar do peso histórico da cidade, não faltam lojas, bares e cafés que se destacam pelo seu design moderno e original.

Clique AQUI para aceder ao artigo do The Telegraph.

[Notícia corrigida a 01/07/2011 às 17h29]

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório