Negócios e Empreendorismo

Jogo luso inspirado no Douro chega ao estrangeiro

NULL
Versão para impressão
Uma empresa portuguesa criou uma espécie de versão vinícola do famoso jogo Monopólio. “Vintage” é um jogo de tabuleiro sobre a região demarcada mais antiga do mundo: o Douro. O jogo já está a ser distribuído em vários países europeus, nos EUA e também no Japão, onde esgotou no mesmo dia em que chegou às lojas.
 
Quem não tem vinhas mas gosta de vinho e do seu processo de produção, particularmente do vinho do Porto, pode tentar a sua sorte como produtor no tabuleiro do jogo “Vintage”, criado e lançado no mercado nacional e internacional pela portuguesa MESAboardgames.
 
Vence o jogo aquele que for o produtor mais bem-sucedido. Para isso é preciso vender vinho do Porto mas “primeiro é preciso comprar quintas, plantá-las, vindimar vinho, transportar o vinho para as respetivas caves em Vila Nova de Gaia, envelhecer e só depois se pode vender”, explicou Gil d’Orey, sócio fundador da MESAboardgames e responsável pelo conceito do jogo, ao Boas Notícias.
 
Para desenvolver o jogo, a empresa contou com a ajuda de especialistas. “Sempre que desenvolvemos um jogo sobre determinado tema, o primeiro passo é estudar o assunto. No caso do Vintage contámos com a ajuda do enólogo Manuel Pires da Silva e com a colaboração da Niepoort”, salienta Gil D’Orey.
 
Vintage já está a ser distribuído na Alemanha, Espanha, Estados Unidos da América e Japão. Embora ainda seja cedo para fazer um balanço das vendas, o responsável da MESAboardgames conta que, no Japão, as primeiras unidades distribuídas esgotaram no próprio dia em que chegaram.
 
O jogo foi oficialmente apresentado em Lisboa no mês de setembro e em novembro será apresentado no Porto. Mas os próximos meses serão decisivos já que a MESAboardgames fará a sua apresentação nas feiras de jogo mais importantes da Europa e do mundo, como a Essen, que se realiza em Outubro, na Alemanha.
 
Sobre a empresa
 
A MESAboardgames tem origem na empresa GiloreyDesign, uma empresa fundada por Gil d’Orey em 2008. Em 2010, Tiago Teixeira de Abreu e o Dimitri Dagot entram como sócios e a empresa passou a chamar-se MESAboardgames. Sempre que possível, e refletindo as suas origens, a MESAboardgames foca-se em temas da cultura e história portuguesas, com o objetivo de as divulgar em todo o Mundo.

Clique AQUI para consultar o site oficial da MESABoardgames.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório