Negócios e Empreendorismo

Jogo luso inspirado no Douro chega ao estrangeiro

NULL
Versão para impressão
Uma empresa portuguesa criou uma espécie de versão vinícola do famoso jogo Monopólio. “Vintage” é um jogo de tabuleiro sobre a região demarcada mais antiga do mundo: o Douro. O jogo já está a ser distribuído em vários países europeus, nos EUA e também no Japão, onde esgotou no mesmo dia em que chegou às lojas.
 
Quem não tem vinhas mas gosta de vinho e do seu processo de produção, particularmente do vinho do Porto, pode tentar a sua sorte como produtor no tabuleiro do jogo “Vintage”, criado e lançado no mercado nacional e internacional pela portuguesa MESAboardgames.
 
Vence o jogo aquele que for o produtor mais bem-sucedido. Para isso é preciso vender vinho do Porto mas “primeiro é preciso comprar quintas, plantá-las, vindimar vinho, transportar o vinho para as respetivas caves em Vila Nova de Gaia, envelhecer e só depois se pode vender”, explicou Gil d’Orey, sócio fundador da MESAboardgames e responsável pelo conceito do jogo, ao Boas Notícias.
 
Para desenvolver o jogo, a empresa contou com a ajuda de especialistas. “Sempre que desenvolvemos um jogo sobre determinado tema, o primeiro passo é estudar o assunto. No caso do Vintage contámos com a ajuda do enólogo Manuel Pires da Silva e com a colaboração da Niepoort”, salienta Gil D’Orey.
 
Vintage já está a ser distribuído na Alemanha, Espanha, Estados Unidos da América e Japão. Embora ainda seja cedo para fazer um balanço das vendas, o responsável da MESAboardgames conta que, no Japão, as primeiras unidades distribuídas esgotaram no próprio dia em que chegaram.
 
O jogo foi oficialmente apresentado em Lisboa no mês de setembro e em novembro será apresentado no Porto. Mas os próximos meses serão decisivos já que a MESAboardgames fará a sua apresentação nas feiras de jogo mais importantes da Europa e do mundo, como a Essen, que se realiza em Outubro, na Alemanha.
 
Sobre a empresa
 
A MESAboardgames tem origem na empresa GiloreyDesign, uma empresa fundada por Gil d’Orey em 2008. Em 2010, Tiago Teixeira de Abreu e o Dimitri Dagot entram como sócios e a empresa passou a chamar-se MESAboardgames. Sempre que possível, e refletindo as suas origens, a MESAboardgames foca-se em temas da cultura e história portuguesas, com o objetivo de as divulgar em todo o Mundo.

Clique AQUI para consultar o site oficial da MESABoardgames.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close