Saúde

Haiti: UNICEF une esforços para combater cólera

A UNICEF anunciou que está a unir esforços para enfrentar o surto de cólera no Haiti que já vitimou 220 pessoas e obrigou a mais de 3.000 hospitalizações de acordo com os últimos dados disponíveis.
Versão para impressão
[Fotografia: © UNICEF Haiti/2010/Marco Dormino]

A UNICEF anunciou que está a unir esforços para enfrentar o surto de cólera no Haiti que já vitimou 220 pessoas e obrigou a mais de 3.000 hospitalizações de acordo com os últimos dados disponíveis.

Segundo o comunicado, a UNICEF e parceiros já distribuíram sais de re-hidratação oral, antibióticos e produtos para a purificação da água. Seis camiões da UNICEF carregados com suplementos de emergência para surtos epidémicos como kits de produtos de higiene, barras de sabão e tendas, partiram de Port-au-Prince, a capital do Haiti.

Jean-Claude Mubalama, diretor de saúde da UNICEF, alertou no comunicado que os menores de cinco anos “são especialmente vulneráveis à cólera porque se desidratam mais rapidamente”.

A epidemia de cólera, que se propagou no início da semana, afeta, sobretudo, as regiões de Artibonite, a norte, onde se concentra um grupo de desalojados do sismo de janeiro que vive em condições higiénicas precárias, e Mirebalais, no leste.

Para evitar a propagação e alastramento da cólera para as cidades vizinhas, a UNICEF irá também por em prática uma campanha de informação e sensibilização da população.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório