Saúde

Haiti: UNICEF une esforços para combater cólera

A UNICEF anunciou que está a unir esforços para enfrentar o surto de cólera no Haiti que já vitimou 220 pessoas e obrigou a mais de 3.000 hospitalizações de acordo com os últimos dados disponíveis.
Versão para impressão
[Fotografia: © UNICEF Haiti/2010/Marco Dormino]

A UNICEF anunciou que está a unir esforços para enfrentar o surto de cólera no Haiti que já vitimou 220 pessoas e obrigou a mais de 3.000 hospitalizações de acordo com os últimos dados disponíveis.

Segundo o comunicado, a UNICEF e parceiros já distribuíram sais de re-hidratação oral, antibióticos e produtos para a purificação da água. Seis camiões da UNICEF carregados com suplementos de emergência para surtos epidémicos como kits de produtos de higiene, barras de sabão e tendas, partiram de Port-au-Prince, a capital do Haiti.

Jean-Claude Mubalama, diretor de saúde da UNICEF, alertou no comunicado que os menores de cinco anos “são especialmente vulneráveis à cólera porque se desidratam mais rapidamente”.

A epidemia de cólera, que se propagou no início da semana, afeta, sobretudo, as regiões de Artibonite, a norte, onde se concentra um grupo de desalojados do sismo de janeiro que vive em condições higiénicas precárias, e Mirebalais, no leste.

Para evitar a propagação e alastramento da cólera para as cidades vizinhas, a UNICEF irá também por em prática uma campanha de informação e sensibilização da população.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close