Negócios e Empreendorismo

Fundão promove inovador pastel de nata de cereja

O pastel de nata de cereja, criado por um chefe da Escola de Hotelaria e Turismo do Fundão, quer transformar-se numa marca nacional com o objetivo de ser reconhecido além-fronteiras.
Versão para impressão
O pastel de nata de cereja do Fundão quer transformar-se numa marca nacional com o objetivo de ser reconhecido além-fronteiras. A iguaria foi criada há dois anos pelo chefe João Paulo Carvalho, da Escola de Hotelaria e Turismo do Fundão (ETH Fundão), e o concelho prepara-se agora para a promover em Portugal e no estrangeiro.
 
As cerejas são um símbolo incontornável do Fundão, que produz, em média, cerca de seis mil toneladas deste fruto por ano, o que equivale a metade de toda a produção portuguesa. Aproveitando este ícone concelhio, a ETH Fundão apostou num produto inédito que o une a um dos bolos mais apreciados no nosso país.
 
“Achamos interessante juntar o que é a marca cereja do Fundão, uma das mais conhecidas em termos de qualidade da fruta a nível nacional e internacional, com talvez o nosso bolo mais conhecido, que é o pastel de nata”, explicou o presidente da Câmara do Fundão, Paulo Fernandes, durante a apresentação do programa de promoção.
 
Até ao momento, este doce especial tem estado à venda em várias feiras e festas locais, mas o objetivo dos responsáveis é fazê-lo “entrar no quadro das nossas pastelarias”, tornando-o amplamente difundido. Um dos primeiros a prová-lo fora do Fundão poderá mesmo ser o ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, que o autarca convidou para a conferência “A Magia da Cereja do Fundão”, em Lisboa.
 
Depois de o governante ter mencionado a importância do reforço da imagem do pastel de nata no estrangeiro, Paulo Fernandes decidiu aproveitar a oportunidade, salientando a importância de contar com o ministro “na promoção deste produto” para torná-lo um dos derivados do pastel tradicional.
 
O programa de divulgação engloba 13 ações que terão lugar de Norte a Sul do país e ainda em Bruxelas, entre Maio e Julho. Durante as diversas ações, a cereja servirá como mote para dar a conhecer toda a oferta turística e gastronómica do Fundão.

[Notícia sugerida por Raquel Baêta]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório