Cultura

Filme de ficção-científica luso nomeado para os Emmy

O filme de ficção científica português 'Collider' é um dos nomeados para os Prémios Emmy digitais da International Academy of Television Arts & Sciences. Naquela que é a terceira nomeação da produtora beActive para os prestigiados galardões, a longa-
Versão para impressão
O filme de ficção científica português 'Collider' é um dos nomeados para os Prémios Emmy digitais da International Academy of Television Arts & Sciences. Naquela que é a terceira nomeação da produtora beActive para os prestigiados galardões, a longa-metragem lusa concorre lado a lado com criações do Japão, Austrália e Brasil.
 
A cerimónia de entrega dos prémios decorre em Cannes no próximo dia 7 de Abril, no âmbito do MIPTV, o maior evento mundial de televisão que distingue os melhores conteúdos em multiplataforma, de acordo com comunicado enviado ao Boas Notícias. 
 
'Collider' é um dos finalistas nomeados para a categoria de Ficção, juntamente com 'Real Escape Game TV', do Japão, '#7DaysLater', da Austrália, e 'Latitudes', do Brasil. Apesar de ser a terceira nomeação da beActive para os Emmys, 'Collider' é a primeira incursão da produtora no mundo da ficção científica e do fantástico.
 
A primeira nomeação aconteceu com a série 'Castigo Final', em 2010, e a segunda com o filme 'Beat Girl', no ano passado. Este ano, 'Collider' é a única representação lusa naquele que é um dos maiores eventos do setor audiovisual do Mundo.


Baseado nas experiências realizadas no CERN, no Large Hadron Collider (local onde foi encontrado o Bosão de Higgs, vencedor do prémio Nobel da física de 2013), 'Collider' já passou pelos festivais de cinema de Londres, Genebra e Galway. Depois de estrear nas salas de cinema nacionais em Novembro de 2013 e na Irlanda em Janeiro de 2014, o filme vai, agora, estrear nos EUA, Reino Unido e Japão. 
 
Em resposta à pergunta 'O que farias se pudesses voltar atrás no tempo?', a ação decorre no ano de 2018, ano em que o planeta irá entrar em colapso e a espécie humana será dizimada devido a uma sucessão de desastres naturais e ao surgimento de uma raça mutante apelidade de 'Os Desconhecidos'. 
 
Peter, Alisha, Carlos, Fiona, Luke e Lucia têm de unir esforços para conseguir reativar o Collider e, assim, recuar no tempo, evitando o apocalipse. No entanto, esta não é uma viagem fácil, uma vez que faltam menos de 24 horas para o portal do tempo se fechar para sempre. 
 
Realizado pelo irlandês Jason Butler, o filme conta com a presença dos atores portugueses Marco Costa e Teresa Tavares nos papéis principais, tendo sido escrito por Nuno Bernardo, autor e produtor português já nomeado para dois Emmy e vencedor de vários prémios a nível internacional com as séries 'Diário de Sofia', 'Castigo Final' e e 'T2 para 3'. 
 
A pós-produção do filme foi inteiramente realizada em Portugal e os efeitos especiais do filme (72 planos no total) foram igualmente realizados em território nacional e supervisionados por Sérgio Azevedo.

Consulte a lista completa de nomeados AQUI.

Notícia sugerida por Maria Pandina

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub