Cultura

Filme de ficção-científica luso nomeado para os Emmy

O filme de ficção científica português 'Collider' é um dos nomeados para os Prémios Emmy digitais da International Academy of Television Arts & Sciences. Naquela que é a terceira nomeação da produtora beActive para os prestigiados galardões, a longa-
Versão para impressão
O filme de ficção científica português 'Collider' é um dos nomeados para os Prémios Emmy digitais da International Academy of Television Arts & Sciences. Naquela que é a terceira nomeação da produtora beActive para os prestigiados galardões, a longa-metragem lusa concorre lado a lado com criações do Japão, Austrália e Brasil.
 
A cerimónia de entrega dos prémios decorre em Cannes no próximo dia 7 de Abril, no âmbito do MIPTV, o maior evento mundial de televisão que distingue os melhores conteúdos em multiplataforma, de acordo com comunicado enviado ao Boas Notícias. 
 
'Collider' é um dos finalistas nomeados para a categoria de Ficção, juntamente com 'Real Escape Game TV', do Japão, '#7DaysLater', da Austrália, e 'Latitudes', do Brasil. Apesar de ser a terceira nomeação da beActive para os Emmys, 'Collider' é a primeira incursão da produtora no mundo da ficção científica e do fantástico.
 
A primeira nomeação aconteceu com a série 'Castigo Final', em 2010, e a segunda com o filme 'Beat Girl', no ano passado. Este ano, 'Collider' é a única representação lusa naquele que é um dos maiores eventos do setor audiovisual do Mundo.


Baseado nas experiências realizadas no CERN, no Large Hadron Collider (local onde foi encontrado o Bosão de Higgs, vencedor do prémio Nobel da física de 2013), 'Collider' já passou pelos festivais de cinema de Londres, Genebra e Galway. Depois de estrear nas salas de cinema nacionais em Novembro de 2013 e na Irlanda em Janeiro de 2014, o filme vai, agora, estrear nos EUA, Reino Unido e Japão. 
 
Em resposta à pergunta 'O que farias se pudesses voltar atrás no tempo?', a ação decorre no ano de 2018, ano em que o planeta irá entrar em colapso e a espécie humana será dizimada devido a uma sucessão de desastres naturais e ao surgimento de uma raça mutante apelidade de 'Os Desconhecidos'. 
 
Peter, Alisha, Carlos, Fiona, Luke e Lucia têm de unir esforços para conseguir reativar o Collider e, assim, recuar no tempo, evitando o apocalipse. No entanto, esta não é uma viagem fácil, uma vez que faltam menos de 24 horas para o portal do tempo se fechar para sempre. 
 
Realizado pelo irlandês Jason Butler, o filme conta com a presença dos atores portugueses Marco Costa e Teresa Tavares nos papéis principais, tendo sido escrito por Nuno Bernardo, autor e produtor português já nomeado para dois Emmy e vencedor de vários prémios a nível internacional com as séries 'Diário de Sofia', 'Castigo Final' e e 'T2 para 3'. 
 
A pós-produção do filme foi inteiramente realizada em Portugal e os efeitos especiais do filme (72 planos no total) foram igualmente realizados em território nacional e supervisionados por Sérgio Azevedo.

Consulte a lista completa de nomeados AQUI.

Notícia sugerida por Maria Pandina

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close