Negócios e Empreendorismo

Fábrica da Sicasal a 80% com apoio dos funcionários

NULL
Versão para impressão
A fábrica da Sicasal, em Mafra, que ficou parcialmente destruída devido a um incêndio a semana passada, já voltou a laborar a 80%, em grande parte graças à ajuda dada pelos próprios funcionários.
 
Após o incidente, a administração fez questão de frisar que nenhum dos 650 postos de trabalho ficaria em risco. Aliviados, e porque não queriam mesmo parar, os trabalhadores arregaçaram as mangas e empenharam-se na recuperação das instalações.
 
Organizaram-se em grupos de segurança e de limpeza de máquinas e de outros materiais e disponibilizaram-se para trabalhar 24 horas seguidas, desde que o esforço garantisse a retoma da produção, esforço esse que foi bem-sucedido.
 
Em declarações à agência Lusa, o porta-voz da Sicasal adiantou que as zonas totalmente destruídas pelo incêndio – a de desmanche de animais e a de embalamento de carnes frescas – continuam sujeitas aos processos de peritagem para avaliar os prejuízos, pelo que se mantêm paradas.
 
Porém, a área dos produtos transformados já está a funcionar normalmente desde a passada sexta-feira.
 
Entretanto, surgiu no Facebook uma campanha de solidariedade que, em gesto de admiração pela dedicação dos funcionários da fábrica, sugere aos utilizadores a aquisição de produtos enlatados da Sicasal e a sua posterior entrega ao Banco Alimentar contra a Fome, com o propósito de ajudar “quem bem o merece” e “quem bem o necessita”.

[Notícia sugerida por Maria Sousa]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório