Negócios e Empreendorismo

Fábrica da Sicasal a 80% com apoio dos funcionários

NULL
Versão para impressão
A fábrica da Sicasal, em Mafra, que ficou parcialmente destruída devido a um incêndio a semana passada, já voltou a laborar a 80%, em grande parte graças à ajuda dada pelos próprios funcionários.
 
Após o incidente, a administração fez questão de frisar que nenhum dos 650 postos de trabalho ficaria em risco. Aliviados, e porque não queriam mesmo parar, os trabalhadores arregaçaram as mangas e empenharam-se na recuperação das instalações.
 
Organizaram-se em grupos de segurança e de limpeza de máquinas e de outros materiais e disponibilizaram-se para trabalhar 24 horas seguidas, desde que o esforço garantisse a retoma da produção, esforço esse que foi bem-sucedido.
 
Em declarações à agência Lusa, o porta-voz da Sicasal adiantou que as zonas totalmente destruídas pelo incêndio – a de desmanche de animais e a de embalamento de carnes frescas – continuam sujeitas aos processos de peritagem para avaliar os prejuízos, pelo que se mantêm paradas.
 
Porém, a área dos produtos transformados já está a funcionar normalmente desde a passada sexta-feira.
 
Entretanto, surgiu no Facebook uma campanha de solidariedade que, em gesto de admiração pela dedicação dos funcionários da fábrica, sugere aos utilizadores a aquisição de produtos enlatados da Sicasal e a sua posterior entrega ao Banco Alimentar contra a Fome, com o propósito de ajudar “quem bem o merece” e “quem bem o necessita”.

[Notícia sugerida por Maria Sousa]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close