Ciência

Encontrado pote com moedas do Império Romano

Dave Crisp, um britânico cujo hobby é encontrar tesouros, foi o responsável por uma das maiores descobertas de tesouros do Império Romano em território do Reino Unido: um pote que continha 52 mil moedas romanas, datadas do século III d.C., com um val
Versão para impressão
Dave Crisp, um britânico cujo hobby é encontrar tesouros, foi o responsável por uma das maiores descobertas de tesouros do Império Romano em território do Reino Unido: um pote que continha 52 mil moedas romanas, datadas do século III d.C., com um valor estimado em mais de três milhões de euros.

Dave Crisp descobriu o tesouro em abril, utilizando um detetor de metais num campo situado no sudoeste da Inglaterra. As moedas estavam dentro de um grande pote enterrado a cerca de 30 centímeros de profundidade, com um peso de cerca de 160 kg.

Os arqueólogos britânicos acreditam que o tesouro pode reportar a uma oferenda aos deuses, possivelmente reunindo as economias de toda uma comunidade.

Roger Bland, do British Museum, conta à BBC que “ninguém poderia transportado o pote cheio para este local. O pote deve ter sido enterrado primeiro e depois enchido com as moedas”.

“Esta descoberta vai fazer com que repensemos sobre a natureza destes objetos”, diz o especialista. “O pensamento tradicional é de que eles representassem riquezas escondidas durante períodos de turbulências ou de invasões. Mas este não parece o caso para a época em que as moedas foram enterradas”, acrescenta.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório