Ciência

Encontrado pote com moedas do Império Romano

Dave Crisp, um britânico cujo hobby é encontrar tesouros, foi o responsável por uma das maiores descobertas de tesouros do Império Romano em território do Reino Unido: um pote que continha 52 mil moedas romanas, datadas do século III d.C., com um val
Versão para impressão
Dave Crisp, um britânico cujo hobby é encontrar tesouros, foi o responsável por uma das maiores descobertas de tesouros do Império Romano em território do Reino Unido: um pote que continha 52 mil moedas romanas, datadas do século III d.C., com um valor estimado em mais de três milhões de euros.

Dave Crisp descobriu o tesouro em abril, utilizando um detetor de metais num campo situado no sudoeste da Inglaterra. As moedas estavam dentro de um grande pote enterrado a cerca de 30 centímeros de profundidade, com um peso de cerca de 160 kg.

Os arqueólogos britânicos acreditam que o tesouro pode reportar a uma oferenda aos deuses, possivelmente reunindo as economias de toda uma comunidade.

Roger Bland, do British Museum, conta à BBC que “ninguém poderia transportado o pote cheio para este local. O pote deve ter sido enterrado primeiro e depois enchido com as moedas”.

“Esta descoberta vai fazer com que repensemos sobre a natureza destes objetos”, diz o especialista. “O pensamento tradicional é de que eles representassem riquezas escondidas durante períodos de turbulências ou de invasões. Mas este não parece o caso para a época em que as moedas foram enterradas”, acrescenta.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close