Negócios e Empreendorismo

Encomendas a fábricas portuguesas sobem 31%

Segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), as novas encomendas feitas às fábricas portuguesas subiram em 31% no passado mês de janeiro. O mercado externo foi o principal dinamizador deste crescimento.
Versão para impressão
Segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), as novas encomendas feitas às fábricas portuguesas subiram em 31% no passado mês de janeiro. O mercado externo foi o principal dinamizador deste crescimento.

A tendência positiva evidenciou-se em dezembro do ano passado, quando foi registado um incremento de 26,5%, mas, no primeiro mês de 2011, a subida foi a mais elevada do índice desde outubro de 2001, impulsionada pela procura do mercado externo e também, em parte, pelo próprio mercado nacional.

“Este comportamento foi determinado pelas acelerações ocorridas em ambos os mercados, externo e nacional, cujas variações foram de 52,6% e 9,3%, respetivamente”, revela o documento do INE.

Os maiores contributos para a forte aceleração do índice dizem respeito aos agrupamentos de bens intermédios e de investimento, em que as novas encomendas registaram progressões homólogas de 49,5% e de 22,4%, respetivamente.

[Notícia sugerida pelo utilizador Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub