Negócios e Empreendorismo

Encomendas a fábricas portuguesas sobem 31%

Segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), as novas encomendas feitas às fábricas portuguesas subiram em 31% no passado mês de janeiro. O mercado externo foi o principal dinamizador deste crescimento.
Versão para impressão
Segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), as novas encomendas feitas às fábricas portuguesas subiram em 31% no passado mês de janeiro. O mercado externo foi o principal dinamizador deste crescimento.

A tendência positiva evidenciou-se em dezembro do ano passado, quando foi registado um incremento de 26,5%, mas, no primeiro mês de 2011, a subida foi a mais elevada do índice desde outubro de 2001, impulsionada pela procura do mercado externo e também, em parte, pelo próprio mercado nacional.

“Este comportamento foi determinado pelas acelerações ocorridas em ambos os mercados, externo e nacional, cujas variações foram de 52,6% e 9,3%, respetivamente”, revela o documento do INE.

Os maiores contributos para a forte aceleração do índice dizem respeito aos agrupamentos de bens intermédios e de investimento, em que as novas encomendas registaram progressões homólogas de 49,5% e de 22,4%, respetivamente.

[Notícia sugerida pelo utilizador Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close