Ciência

Em busca dos anfíbios desaparecidos

Investigadores de 14 países vão realizar, nos próximos meses, um conjunto de expedições a 18 países da América Latina, África e Ásia, com o intuito de procurarem 100 espécies de anfíbios que não são vistas há, pelo menos, 10 anos. Os investigadores a
Versão para impressão
[Foto: Sapo dourado, visto pela última vez em 1989]

Investigadores de 14 países vão realizar, nos próximos meses, um conjunto de expedições a 18 países da América Latina, África e Ásia, com o intuito de procurarem 100 espécies de anfíbios que não são vistas há, pelo menos, 10 anos. Os investigadores acreditam que algumas possam ter encontrado refúgio em alguns locais remotos.

O facto de os anfíbios serem o grupo de animais vertebrados mais ameaçado do planeta – mais de 30% de todas as espécies estão ameaçadas de extinção – justifica este esforço internacional.

A perda de habitat, doenças e alterações climáticas são as principais responsáveis, indica a a organização Conservation International, que coordena a expedição.

“Qualquer que seja o resultado, as conclusões vão aumentar o nosso conhecimento das ameaças aos anfíbios e aproximar-nos das soluções para os proteger”, refere a associação em comunicado.

A Conservation International sublinha que os anfíbios têm benefícios para os seres humanos, como o controlo das pragas de insetos que espalham doenças e prejudicam as culturas agrícolas.

Saiba mais aqui.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório