Ciência

Em busca dos anfíbios desaparecidos

Investigadores de 14 países vão realizar, nos próximos meses, um conjunto de expedições a 18 países da América Latina, África e Ásia, com o intuito de procurarem 100 espécies de anfíbios que não são vistas há, pelo menos, 10 anos. Os investigadores a
Versão para impressão
[Foto: Sapo dourado, visto pela última vez em 1989]

Investigadores de 14 países vão realizar, nos próximos meses, um conjunto de expedições a 18 países da América Latina, África e Ásia, com o intuito de procurarem 100 espécies de anfíbios que não são vistas há, pelo menos, 10 anos. Os investigadores acreditam que algumas possam ter encontrado refúgio em alguns locais remotos.

O facto de os anfíbios serem o grupo de animais vertebrados mais ameaçado do planeta – mais de 30% de todas as espécies estão ameaçadas de extinção – justifica este esforço internacional.

A perda de habitat, doenças e alterações climáticas são as principais responsáveis, indica a a organização Conservation International, que coordena a expedição.

“Qualquer que seja o resultado, as conclusões vão aumentar o nosso conhecimento das ameaças aos anfíbios e aproximar-nos das soluções para os proteger”, refere a associação em comunicado.

A Conservation International sublinha que os anfíbios têm benefícios para os seres humanos, como o controlo das pragas de insetos que espalham doenças e prejudicam as culturas agrícolas.

Saiba mais aqui.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close