Ambiente

É possível ter energia limpa para tudo até 2050

A energia necessária para as atividades desenvolvidas em todo o mundo pode ser obtida de uma forma limpa, renovável e economicamente sustentável, até 2050, revela um estudo divulgado pela organização ambientalista WWF.
Versão para impressão
A energia necessária para as atividades desenvolvidas em todo o mundo pode ser obtida de uma forma limpa, renovável e economicamente sustentável, até 2050, revela um estudo divulgado pela organização ambientalista WWF.

Um comunicado da associação ambientalista refere que o Relatório Energia, resultado de dois anos de trabalho, aponta “um novo caminho” ao concluir que “a energia total necessária, incluindo [para] transportes, pode ser obtida de forma segura e adequada”.

O documento “mostra que, em quatro décadas, podemos ter um mundo de economias vibrantes e sociedades alimentadas por energia limpa, barata e renovável e com uma boa qualidade de vida”, defendeu o diretor-geral da WWF, Jim Leape, citado na informação.

Algumas informações apresentadas mostram que o potencial das energias renováveis é muito grande, mas ainda mal aproveitado. Conforme o estudo, se 0,3% da área do deserto do Saara fosse utilizada para a instalação de usinas de energia solar, a energia produzida poderia alimentar toda a Europa. Por outro lado, se 0,1% da energia dos oceanos fosse aproveitada, poderia ser gerada energia para 15 bilhões de pessoas.

Segundo o estudo [elaborado pela WWF, pela empresa de consultoria energética Ecofys e pelo Escritório para Arquitetura Metropolitana], as novas tecnologias atualmente em desenvolvimento, que ainda não são utilizadas nem comercializadas, podem permitir que o percentual de energia renovável chegue a 100%.

Para isso, o relatório recomenda que sejam seguidos dez passos para um “Futuro 100% renovável”:

1) Promover e desenvolver as atuais e as novas fontes de energia renovável;

2) Comercializar e fazer o melhor uso de fontes de energia sustentável em diferentes áreas;

3) Promover práticas domésticas sustentáveis a fim de estimular uma melhor distribuição de energia;

4) Investir em produtos que sejam eficientes e utilizem energia limpa;

5) Não desperdiçar comida;

6) Reduzir, reutilizar e reciclar (os três Rs);

7) Incentivar o uso de transporte público;

8) Desenvolver pesquisas em eficiência energética e energias sustentáveis;

9) Ter certeza de que as energias renováveis são compatíveis com metas ambientais e de desenvolvimento;

10) Estimular acordos e cooperações sobre energias renováveis e de eficiência energética.

De acordo com o relatório, atualmente 1,4 bilhões de pessoas não tem acesso a energia segura. Por outro lado, outros países têm um consumo energético elevadíssimo, o que pode comprometer a utilização de combustíveis fósseis e a própria produção de energia.

“Se todos consumissem a quantidade de energia que um cidadão de Singapura ou dos Estados Unidos utiliza, as reservas mundiais de petróleo esgotariam em nove anos”, diz o estudo.

Leia AQUI o relatório integral da WWF.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub