Ambiente

Designer cria bicicleta de cartão com apenas 7 euros

Um designer de Israel construiu, com apenas nove dólares (cerca de sete euros), uma bicicleta de cartão reciclado resistente à água e à humidade e que poderá vir a revolucionar o conceito de "veículo verde".
Versão para impressão
Um designer de Israel construiu, com apenas nove dólares (cerca de sete euros), uma bicicleta de cartão reciclado resistente à água e à humidade e que poderá vir a revolucionar o conceito de “veículo verde”. A criação surgiu depois de Izhar Gafni ter decidido provar a alguns colegas engenheiros que era possível desenvolver uma bicicleta praticamente sem custos.
 
“Adoro bicicletas e, quando trabalhei nos EUA, quis saber se alguém já teria tido uma ideia semelhante e percebi que não. Mas quando comecei a perguntar a vários engenheiros se seria possível construir uma bicicleta de cartão, eles mandaram-me embora e disseram que a minha ideia era impossível”, contou Gafni, em entrevista ao portal israelita Newsgeek.
 
Porém, o criativo encontrou a motivação necessária e decidiu avançar sozinho com o projeto. Desde esse momento efetuou várias experiências para compreender como podia tornar o cartão reciclado forte o suficiente para transportar uma pessoa com mais de 140kg e acabou por criar diversos protótipos, resistentes mas pouco práticos.
 
“Os meus primeiros protótipos pareciam caixas de entregas sobre rodas. Quanto me encontrava com investidores era difícil explicar que o propósito era que aquilo se transformasse numa bicicleta e, por isso, compreendi que tinha de dedicar mais tempo a desenvolver um design mais confortável, leve e surpreendente”, confessou.
 
Os esforços foram bem-sucedidos e, agora, a bicicleta de Gafni parece mesmo uma bicicleta. Não há quaisquer sinais de que seja feita de cartão graças a uma camada branca e castanha que se assemelha ao plástico e que lhe dá uma aparência única. Ainda assim, o melhor de tudo é o facto de ser totalmente ecológica.
 
De acordo com o designer, todas as fases de produção da bicicleta são amigas do ambiente e o mesmo acontece com o produto final. Como qualquer veículo do género, os seus principais objetivos são evitar a poluição ao mesmo tempo que se incentiva o exercício e a atividade física. 
 
Gafni adianta que o custo de produção varia entre os nove e os 12 dólares (entre os 7 e os 9 euros) para cada bicicleta, sendo que, quando vendidas ao consumidor, o seu preço variará entre os 60 e os 90 dólares (entre os 48 e os 73 dólares), consoante os acessórios que o utilizador queira, ou não, acrescentar-lhe.

[Notícia sugerida por David Ferreira]

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub