Ambiente

Designer cria bicicleta de cartão com apenas 7 euros

Um designer de Israel construiu, com apenas nove dólares (cerca de sete euros), uma bicicleta de cartão reciclado resistente à água e à humidade e que poderá vir a revolucionar o conceito de "veículo verde".
Versão para impressão
Um designer de Israel construiu, com apenas nove dólares (cerca de sete euros), uma bicicleta de cartão reciclado resistente à água e à humidade e que poderá vir a revolucionar o conceito de “veículo verde”. A criação surgiu depois de Izhar Gafni ter decidido provar a alguns colegas engenheiros que era possível desenvolver uma bicicleta praticamente sem custos.
 
“Adoro bicicletas e, quando trabalhei nos EUA, quis saber se alguém já teria tido uma ideia semelhante e percebi que não. Mas quando comecei a perguntar a vários engenheiros se seria possível construir uma bicicleta de cartão, eles mandaram-me embora e disseram que a minha ideia era impossível”, contou Gafni, em entrevista ao portal israelita Newsgeek.
 
Porém, o criativo encontrou a motivação necessária e decidiu avançar sozinho com o projeto. Desde esse momento efetuou várias experiências para compreender como podia tornar o cartão reciclado forte o suficiente para transportar uma pessoa com mais de 140kg e acabou por criar diversos protótipos, resistentes mas pouco práticos.
 
“Os meus primeiros protótipos pareciam caixas de entregas sobre rodas. Quanto me encontrava com investidores era difícil explicar que o propósito era que aquilo se transformasse numa bicicleta e, por isso, compreendi que tinha de dedicar mais tempo a desenvolver um design mais confortável, leve e surpreendente”, confessou.
 
Os esforços foram bem-sucedidos e, agora, a bicicleta de Gafni parece mesmo uma bicicleta. Não há quaisquer sinais de que seja feita de cartão graças a uma camada branca e castanha que se assemelha ao plástico e que lhe dá uma aparência única. Ainda assim, o melhor de tudo é o facto de ser totalmente ecológica.
 
De acordo com o designer, todas as fases de produção da bicicleta são amigas do ambiente e o mesmo acontece com o produto final. Como qualquer veículo do género, os seus principais objetivos são evitar a poluição ao mesmo tempo que se incentiva o exercício e a atividade física. 
 
Gafni adianta que o custo de produção varia entre os nove e os 12 dólares (entre os 7 e os 9 euros) para cada bicicleta, sendo que, quando vendidas ao consumidor, o seu preço variará entre os 60 e os 90 dólares (entre os 48 e os 73 dólares), consoante os acessórios que o utilizador queira, ou não, acrescentar-lhe.

[Notícia sugerida por David Ferreira]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close