Ambiente

Costa Alentejana terá duas grandes rotas pedestres

NULL
Versão para impressão
Em breve, percorrer a Costa Alentejana e Vicentina a pé será uma realidade, graças a um projeto da associação de turismo Casas Brancas, que prevê a construção de duas grandes rotas cuja extensão se aproxima dos 300 quilómetros.

Os dois percursos visam dar a conhecer a diversidade das paisagens alentejanas, explica Marta Cabral, uma das promotoras do projeto, em declarações ao jornal Expresso. 

“No Caminho dos Pescadores, no litoral, há etapas um pouco mais extensas e difíceis, sem sombras, com falésias e barrancos e não aconselhadas a pessoas com vertigens”. No interior é retomado o sentido histórico da ligação de Sagres a Santiago do Cacém, recuperando a antiga rota para Santiago de Compostela, refere a responsável.

História, tradição, gastronomia, fauna e flora são, portanto, os critérios que definem a Rota Vicentina. Quem fizer o percurso pode beneficiar das ofertas complementares dos alojamentos disponíveis para pernoita, como passeios a cavalo, de burro e BTT, ou alguns desportos náuticos no Rio Mira.

Os mapas das rotas – com inauguração prevista para o final de 2011 – ficarão disponíveis em postos de turismo, edifícios municipais, na sede da Associação Casas Brancas, em Odemira, e no respetivo site, em www.casasbrancas.pt.

Este projeto representa um investimento de cerca de 500 mil euros e prevê uma estratégia de promoção internacional dirigida a operadores e imprensa especializada em turismo de natureza, bem como a sensibilização das populações locais para um desenvolvimento mais sustentável e para a criação de negócios complementares e de suporte das rotas.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório