Saúde

Companhia de animais contribui para aliviar o ‘stress’

Os muitos sorrisos e o companheirismo a que estão habituados os que têm animais de estimação não são novidade, mas os cientistas continuam a reforçar as vantagens de partilhar o dia-a-dia com estes amigos de quatro patas.
Versão para impressão
Os muitos sorrisos e o companheirismo a que estão habituados os que têm animais de estimação não são novidade, mas os cientistas continuam a reforçar as vantagens de partilhar o dia-a-dia com estes amigos de quatro patas, cuja presença contribui para aliviar o 'stress' e cujo apoio pode ser valioso em momentos difíceis.
 
De acordo com Mia Cobb, especialista em animais e investigadora da Universidade de Monash, na Austrália, passar tempo com cães e gatos “pode ser tão bom como estar com os amigos e com um membro da família”, existindo vários estudos que comprovam que os amigos felpudos “podem apoiar-nos, reduzir o 'stress' e fazer-nos rir mais”.
 
Em entrevista ao jornal Daily Mail Australia, Cobb explicou que a companhia dos animais pode ser “muito benéfica para o nosso bem-estar” e contribui, até, para melhorar a nossa autoestima. 
 
Todas estas vantagens parecem estar, segundo Cobb, associadas à chamada “hormona do amor”: a oxitocina, que pode ser libertada através de um gesto tão simples como fazer uma festa ao nosso animal de estimação e que diminui a ansiedade e o ritmo cardíaco. 
 
A investigadora destaca, ainda, um estudo que provou que, quando as pessoas se sentem socialmente excluídas ou afastadas dos outros, escrever sobre os seus animais ajuda a que se sintam tão bem quanto escrever sobre amigos ou família.
 
“Estas conclusões sugerem que a relação com os nossos animais pode ser tão proveitosa quanto a que temos com um melhor amigo ou um familiar”, realça a especialista australiana, acrescentando que cães e gatos podem, também, ter um papel importante em ambientes profissionais. 
 
A presença de um animal de estimação no local de trabalho “ajuda a que os donos e os colegas se sintam menos 'stressados' ao longo do dia”, assegura Cobb. “As pessoas tendem a sentir-se mais próximas umas das outras porque passam a ter um assunto em comum sobre o qual falar. Os animais são um estimulante 'social'”, finaliza.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório