Mundo

Carta de amor entregue 53 anos depois

NULL
Versão para impressão
Uma carta de amor entregue nos correios em 1958 chega, 53 anos depois, ao destinatário. A carta, escrita por uma jovem norte-americana, era dirigida a Clark C Moore, que entretanto mudou de nome para Muhammad Siddeeq. A alteração de nome terá sido o motivo para meio século de espera.

20 de fevereiro de 1958 é, segundo a BBC, a data em que a carta foi entregue nos correios, assinada com “amo-te para sempre, Vonnie”. A remetente era uma jovem norte-americana, “Vonnie”, com quem Clark C Moore (ou Muhammad Siddeeq) namorava na altura.

No entanto, foi só no início deste mês que a correspondência chegou à sala dos correios da Universidade da Califórnia, na Pensilvânia, onde o destinatário era, na altura, um jovem estudante de ciências.

A razão terá sido a mudança de nome do correspondente: Clark C Moore é agora Muhammad Siddeeq, dificultando aos correios a tarefa de o encontrar.
Siddeeq acabou por casar com “Vonnie”, com quem teve quatro filhos.

Agora, tem 74 anos e é divorciado mas, segundo a BBC, está ansioso por ler a carta.

Nos próximos dias a carta, entregue na universidade, deverá chegar ao destinatário que, ironicamente, disse que se “nos próximos 53 anos não receber a carta irá apresentar uma queixa”.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório