Mundo

BP conseguiu selar poço no Golfo do México

A British Petroleum (BP) já terminou de cimentar o poço de petróleo responsável pela pior maré negra na história dos EUA. A empresa vai agora controlar a situação de forma confirmar a eficácia deste processo.
Versão para impressão
[Imagem: © BP p.l.c.]

A British Petroleum (BP) já terminou de cimentar o poço de petróleo responsável pela pior maré negra na história dos EUA. A empresa vai agora controlar a situação de forma confirmar a eficácia deste processo.

“Chegamos a um bom ponto, mas agora é preciso fazê-lo permanente”, ressaltou à EPA Kent Wells, vice-presidente executivo da BP.

O poço auxiliar que está a ser escavado será o ponto-chave na conclusão do processo. Permitirá fechar a parte inferior do poço danificado com uma nova e definitiva injeção de lama pesada e cimento.

As autoridades norte-americanas e a BP esperam que a cimentação do poço auxiliar possa ser realizada a 15 de agosto, altura em que a última fase desta operação para fechar o poço danificado, de onde 4,9 milhões de barris de petróleo vazaram desde abril, estará concluída.

Segundo a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica a situação do desastre ambiental não é tão má como se esperava.

Segundo um relatório apresentado ontem, quinta-feira, pela assessora de energia da Casa Branca, Carol Browner, 74% do petróleo derramado no Golfo do México evaporou, foi recolhido, queimado ou decomposto por processos naturais.

As tarefas de limpeza e “a ajuda da mãe natureza” serão cruciais nos próximos meses para neutralizar o petróleo que continua no litoral e o que flutua de maneira residual em partículas microscópicas no oceano.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório