Em Destaque Sociedade

Solidariedade: Cabazes alimentares para 60 mil pessoas

Groceries.
Portugal vai substituir o modelo de cantinas sociais pela distribuição semanal de cabazes alimentares aos mais carenciados, recorrendo a fundos comunitários, revelou à agência Lusa a secretária de Estado da Segurança Social.
Versão para impressão
por redação

Segundo Cláudia Joaquim, a distribuição de alimentos será feita através do Fundo Europeu de Auxílio às Pessoas Mais Carenciadas (FEAC) e irá beneficiar cerca de 60 mil pessoas, um número superior ao dos utentes que, atualmente, têm acesso às cantinas sociais e que são, na sua maioria, pessoas sem-abrigo.

Os beneficiários – sinalizados pela Segurança Social em parceria com instituições sociais – vão receber cabazes alimentares, que integram na sua composição carne, peixe e legumes congelados, com o objetivo de cobrir pelo menos 50% das suas necessidades nutricionais .

A Secretária de Estado adiantou ainda que a distribuição deverá arrancar no segundo semestre de 2017, sendo que o concurso público para a aquisição dos alimentos já foi lançado.

O novo projeto de apoio alimentar pretende colmatar falhas na rede das cantigas sociais, lançadas em 2011, falhas estas que foram identificadas num relatório do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório