Em Destaque Sociedade

Solidariedade: Cabazes alimentares para 60 mil pessoas

Groceries.
Portugal vai substituir o modelo de cantinas sociais pela distribuição semanal de cabazes alimentares aos mais carenciados, recorrendo a fundos comunitários, revelou à agência Lusa a secretária de Estado da Segurança Social.
Versão para impressão
por redação

Segundo Cláudia Joaquim, a distribuição de alimentos será feita através do Fundo Europeu de Auxílio às Pessoas Mais Carenciadas (FEAC) e irá beneficiar cerca de 60 mil pessoas, um número superior ao dos utentes que, atualmente, têm acesso às cantinas sociais e que são, na sua maioria, pessoas sem-abrigo.

Os beneficiários – sinalizados pela Segurança Social em parceria com instituições sociais – vão receber cabazes alimentares, que integram na sua composição carne, peixe e legumes congelados, com o objetivo de cobrir pelo menos 50% das suas necessidades nutricionais .

A Secretária de Estado adiantou ainda que a distribuição deverá arrancar no segundo semestre de 2017, sendo que o concurso público para a aquisição dos alimentos já foi lançado.

O novo projeto de apoio alimentar pretende colmatar falhas na rede das cantigas sociais, lançadas em 2011, falhas estas que foram identificadas num relatório do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close