Em Destaque Sociedade

16.ª Campanha de Recolha de Sangue: Portugueses cada vez mais solidários

A Campanha de Recolha de Sangue do Instituto Português do Sangue e da Transplantação, que decorreu nos centros comerciais da Mundicenter, na primeira quinzena de julho, superou as expectativas de todos, com os melhores resultados de sempre.
Versão para impressão
por redação

Doar sangue é realmente tão contagioso como o riso que uma boa piada provoca. A Campanha de Recolha de Sangue do Instituto Português do Sangue e da Transplantação, que decorreu de norte a sul do país, em seis centros comerciais da Mundicenter, estabeleceu novos recordes, contando com mais de três mil dadores registados, ultrapassando largamente os números do ano passado.

O embaixador, o humorista Nilton obedeceu ao lema “Fazer rir está-nos no sangue” e foi o primeiro a dar o exemplo. Trocando em miúdos, a campanha “Dê sangue. A+ dentro de si”, que se realizou no Amoreiras Shopping Center, Arena Shopping, Braga Parque, Oeiras Parque, Spacio Shopping e Strada Outlet, registou 3.255 dadores de sangue, o que representou um crescimento de cerca de 47% face à edição do ano passado, e recolheu 2.409 unidades – mais 776 do que em 2016 – o que equivale a 1.084 litros, que vão contribuir para a estabilização dos níveis de stock do IPST e assim ajudar as pessoas que mais necessitam.

“São números como estes que me deixam realmente feliz e cheio de confiança nos portugueses. Afinal, mais de três mil pessoas doaram pouco mais de 20 minutos do seu dia para ajudar a salvar vidas e contribuir para o aumento significativo de sorrisos e risos por esse país fora. Se isto não é verdadeiramente divertido e de uma extrema solidariedade, então eu não percebo nada disto e vou é dedicar-me à pesca”, afirma Nilton.

Também ao nível dos dadores de medula óssea, os números voltam a ser risonhos: com um aumento de 33 dadores registados em relação ao ano anterior, a edição de 2017 contou com 68 dadores.

Ao longo de 16 edições de enorme sucesso, esta campanha anual de recolha de sangue veio reafirmar a veia (e a artéria) solidária dos portugueses: desde a realização da primeira campanha, já garantiram o registo de mais 32.500 dadores de sangue, reunindo cerca de 22.500 unidades, cruciais para o tratamento de mais de 68 mil pessoas.

“O balanço desta edição é extremamente positivo, tendo sido o melhor ano de sempre desde que esta iniciativa se realiza nos shoppings da Mundicenter em parceria com o IPST. Entre os números mais curiosos, destacamos que 800 pessoas doaram sangue pela primeira vez nesta campanha, sendo que 45 fizeram-no pela primeira vez na vida”, refere Fernando Oliveira, administrador da Mundicenter.

Para todos aqueles que não tiveram oportunidade de se associar a esta campanha, as oportunidades não terminaram. O IPST tem, ao longo do ano, várias iniciativas de recolha de sangue com o objetivo de repor e estabilizar as reservas que se ressentem, especialmente, em alturas de férias como o verão. Cada dádiva de sangue pode ajudar até três pessoas, separando-a em três componentes que têm diferentes funções terapêuticas e que se aplicam numa grande diversidade de patologias.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub