Em Destaque Sociedade

16.ª Campanha de Recolha de Sangue: Portugueses cada vez mais solidários

A Campanha de Recolha de Sangue do Instituto Português do Sangue e da Transplantação, que decorreu nos centros comerciais da Mundicenter, na primeira quinzena de julho, superou as expectativas de todos, com os melhores resultados de sempre.
Versão para impressão
por redação

Doar sangue é realmente tão contagioso como o riso que uma boa piada provoca. A Campanha de Recolha de Sangue do Instituto Português do Sangue e da Transplantação, que decorreu de norte a sul do país, em seis centros comerciais da Mundicenter, estabeleceu novos recordes, contando com mais de três mil dadores registados, ultrapassando largamente os números do ano passado.

O embaixador, o humorista Nilton obedeceu ao lema “Fazer rir está-nos no sangue” e foi o primeiro a dar o exemplo. Trocando em miúdos, a campanha “Dê sangue. A+ dentro de si”, que se realizou no Amoreiras Shopping Center, Arena Shopping, Braga Parque, Oeiras Parque, Spacio Shopping e Strada Outlet, registou 3.255 dadores de sangue, o que representou um crescimento de cerca de 47% face à edição do ano passado, e recolheu 2.409 unidades – mais 776 do que em 2016 – o que equivale a 1.084 litros, que vão contribuir para a estabilização dos níveis de stock do IPST e assim ajudar as pessoas que mais necessitam.

“São números como estes que me deixam realmente feliz e cheio de confiança nos portugueses. Afinal, mais de três mil pessoas doaram pouco mais de 20 minutos do seu dia para ajudar a salvar vidas e contribuir para o aumento significativo de sorrisos e risos por esse país fora. Se isto não é verdadeiramente divertido e de uma extrema solidariedade, então eu não percebo nada disto e vou é dedicar-me à pesca”, afirma Nilton.

Também ao nível dos dadores de medula óssea, os números voltam a ser risonhos: com um aumento de 33 dadores registados em relação ao ano anterior, a edição de 2017 contou com 68 dadores.

Ao longo de 16 edições de enorme sucesso, esta campanha anual de recolha de sangue veio reafirmar a veia (e a artéria) solidária dos portugueses: desde a realização da primeira campanha, já garantiram o registo de mais 32.500 dadores de sangue, reunindo cerca de 22.500 unidades, cruciais para o tratamento de mais de 68 mil pessoas.

“O balanço desta edição é extremamente positivo, tendo sido o melhor ano de sempre desde que esta iniciativa se realiza nos shoppings da Mundicenter em parceria com o IPST. Entre os números mais curiosos, destacamos que 800 pessoas doaram sangue pela primeira vez nesta campanha, sendo que 45 fizeram-no pela primeira vez na vida”, refere Fernando Oliveira, administrador da Mundicenter.

Para todos aqueles que não tiveram oportunidade de se associar a esta campanha, as oportunidades não terminaram. O IPST tem, ao longo do ano, várias iniciativas de recolha de sangue com o objetivo de repor e estabilizar as reservas que se ressentem, especialmente, em alturas de férias como o verão. Cada dádiva de sangue pode ajudar até três pessoas, separando-a em três componentes que têm diferentes funções terapêuticas e que se aplicam numa grande diversidade de patologias.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close