Sociedade

Viseu: Padrinhos para todas as crianças carenciadas

Uma associação de Viseu conseguiu que 56 crianças carenciadas recebam roupas e brinquedos no Natal. Para isso, foram recrutados padrinhos que estão dispostos a colaborar na campanha e fazer feliz quem mais precisa.
Versão para impressão
Uma associação de Viseu conseguiu que 56 crianças carenciadas recebam roupas e brinquedos no Natal. Para isso, foram recrutados padrinhos que estão dispostos a colaborar na campanha e fazer feliz quem mais precisa.
 
Naquela que é mais uma prova à solidariedade dos portugueses, a Associação Social, Cultural e Espiritualista de Viseu lançou, no início de Dezembro, uma campanha que pretendia recrutar padrinhos que pudessem ajudar as crianças de famílias com dificuldades económicas e os sem-abrigo da cidade.
 
Em declarações à Lusa, Diana Costeira, diretora do departamento de valorização da vida da associação, revelou que a campanha superou “todas as expectativas” e que conseguiram “padrinhos para todas as 56 crianças carenciadas” que foram sinalizadas pela instituição.
 
Os padrinhos vão, agora, permitir que as crianças recebam roupas e brinquedos no Natal. “A campanha chegou a todo o lado e temos padrinhos de vários pontos do país, que decidiram colaborar mesmo sem conhecer a nossa associação. Alguns padrinhos vão mesmo acompanhar o afilhado ao longo do ano”, sublinha.
 
Em relação aos sem-abrigo, cerca de 50 dos que foram sinalizados pela associação também já contam com padrinho. Diana Costeira acredita que “até ao final da semana vão ficar todos com padrinho” e que cada um deles irá receber presentes, uma vez que uma “fábrica enviou camisolas novas”.
 
Além disso, também uma instituição do Porto enviou roupas para os sem-abrigo, que receberam ainda produtos como sacos-cama, oferecidos por outras entidades locais. 
 
“Também nos ligaram da Câmara de Leiria a disponibilizar-se para ajudar e, da Escola de Santa Eugénia (Agrupamento do Viso), chegaram brinquedos e roupas para as crianças”, revela a dirigente.
 
Caso queiram, os interessados têm oportunidade de conhecer os afilhados mais pequenos durante a festa de Natal da associação, que decorre no próximo sábado. Por sua vez, a festa para os sem-abrigo está marcada para o dia 28 de Dezembro.
 
A Associação Social, Cultural e Espiritualista de Viseu decidiu que esta é uma iniciativa a repetir pela Páscoa, para além de “os padrinhos serem sensibilizados a assinalar a data de nascimento dos seus novos afilhados”.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub