Cultura

Veneza: João Nicolau apresenta longa-metragem

Dois realizadores portugueses irão mostrar os seus filmes no Festival de Cinema de Veneza, que decorre em Itália. Para além da já habitual estreia de Manoel de Oliveira que leva um novo filme, será a estreia absoluta do realizador português Joã
Versão para impressão
Dois realizadores portugueses irão mostrar os seus filmes no Festival de Cinema de Veneza, que decorre em Itália. Para além da já habitual estreia de Manoel de Oliveira que leva um novo filme, será a estreia absoluta do realizador português João Nicolau que irá estar esta quarta-feira no Festival para apresentar, em estreia mundial, o seu filme “A espada e a rosa”.

A película, que concorre na secção “Horizontes”, é a primeira longa-metragem de João Nicolau, 35 anos, e ainda sem data de estreia comercial prevista para Portugal.  

A produtora “O Som e a Fúria” classifica o filme “entre a comédia musical, a ficção científica e o filme de piratas”.

 “A Espada e a Rosa” apresenta a personagem Manuel, “que  se despede das rotinas da sua vida lisboeta e embarca numa caravela portuguesa do século XV governada pelas leis da pirataria”.   

Na quinta-feira será a vez da exibição da curta metragem “Painéis de São Vicente de Fora, visão poética”, de Manoel de Oliveira, encomendada pela Fundação de Serralves.

O festival de Cinema de Veneza termina no domingo, com o anúncio do vencedor do Leão de Ouro, decidido pelo júri este ano presidido pelo realizador Quentin Tarantino.

[Notícia sugerida pela utilizadora Raquel Baêta]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório