Saúde

Tuberculose: Gulbenkian doa 100 mil euros

A Fundação Calouste Gulbenkian vai financiar no valor de 100 mil euros a TuBerculosis Vaccine Inititative (TBVI) na investigação de novos tipo de vacinas contra a tuberculose.
Versão para impressão
A Fundação Calouste Gulbenkian vai financiar no valor de 100 mil euros a TuBerculosis Vaccine Inititative (TBVI) na investigação de novos tipo de vacinas contra a tuberculose.

O projeto de investigação resulta da colaboração entre o Instituto de Biologia Molecular e Celular da Universidade do Porto, o Departamento holandês de Microbiologia e Controlo de Infecção do Vrije Universiteit Medical Center, e o Instituto de Vacinas da Holanda.

“Estamos gratos pelo apoio da Fundação Gulbenkian à nossa investigação no desenvolvimento de novas vacinas contra a tuberculose”, diz o diretor da TBVI Jelle Thole, citado em comunicado da Fundação Gulbenkian.

“Congratulamo-nos com este financiamento por permitir que as instituições portuguesas e holandesas possam prosseguir o seu trabalho.”

A Fundação Calouste Gulbenkian é uma das maiores fundações de beneficiência a apoiar a TBVI.

A investigação conduzida pela rede da TBVI, criada em 2008, já produziu resultados em termos da descoberta de novas vacinas, demonstrando que é possível fazer novas abordagens.

A organização sem fins lucrativos pretende angariar 200 milhões de euros nos próximos dez anos para conseguir eliminar a tuberculose, responsável por 1,8 milhões de mortes por ano.

Todos os anos são registados nove milhões de novos casos de tuberculose. A doença ocupa ainda a liderança das principais causas de morte de pessoas com HIV.

O peso da TB, que afeta economias à escala mundial, está estimado em centenas de milhares de milhões de dólares por ano.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório