Ambiente

Touro em Fuga salvo pelos donativos da comunidade

O Movimento Touros em Fuga (MTF), lançado a 10 de Maio depois de dois touros terem protagonizado uma fuga espetacular a caminho do matadouro em Viana do Castelo, vai mesmo conseguir salvar da morte um dos animais graças aos donativos.
Versão para impressão
Graças aos donativos da comunidade, o Movimento Touros em Fuga (MTF), lançado a 10 de Maio depois de dois touros terem protagonizado uma fuga espetacular a caminho do matadouro em Viana do Castelo, vai mesmo conseguir salvar da morte um dos animais. A iniciativa liderada por Miguel Dinis angariou o dinheiro necessário para comprar o touro Marreta ao proprietário.
 
O objetivo da campanha era juntar 1.300 euros para a aquisição do animal a Manuel Farinhoto, o dono dos bovinos (um dos quais continua a monte), que, de acordo com o que Miguel Dinis adiantou recentemente em entrevista ao Boas Notícias, está mesmo “a pensar deixar a criação de animais”.
 
Graças à popularidade alcançada pelo MTF na rede social Facebook, o valor angariado ultrapassou o propósito inicial, chegando aos 1.450 euros, e o animal, que tem apenas dois anos de idade, vai ser, agora, encaminhado para a propriedade da SOS Equinos, uma entidade especializada em resgate, tratamento e adoção de animais de grande porte (equinos, bovinos e muares), em Aveiro, que se disponibilizou para cuidar dele no futuro.
 
“A SOS Equinos tem agora a capacidade de assegurar a tramitação deste animal junto do proprietário. Em conversa telefónica, acabámos de informar o sr. Manuel Farinhoto, tendo sido acordado um encontro já na próxima semana”, revela uma nota enviada ao Boas Notícias pelo Movimento Touros em Fuga.
 
Segundo Miguel Dinis, o valor adicional angariado no âmbito da campanha “será aplicado pela SOS Equinos nas despesas de transporte e acolhimento e na ração do Marreta”, que, graças à “parceria de caráter urgente” e à solidariedade da comunidade, conseguiu escapar a um abate iminente.
 
Recorde-se que, recentemente, o responsável pela campanha fez questão de explicar ao Boas Notícias que não tem qualquer intenção radical de por ponto final definitivo no abate de animais, mas espera, “através da resolução deste caso em particular, inspirar boas práticas, comportamentos e atitudes”.

Clique AQUI para aceder à página no Facebook do Movimento Touros em Fuga, que já soma mais de 2.800 seguidores.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub