Mundo

Taxista conduz 3 mil km para levar cão até à dona

Um taxista londrino transportou o cão de uma mulher de Madrid até Londres só para que esta pudesse ter o animal junto de si.
Versão para impressão
Um taxista londrino fez uma viagem fora do normal para satisfazer o desejo de uma cliente fiel: transportou o cão de uma mulher de Madrid até Londres, só para que esta pudesse ter o animal junto de si.
 
A notícia é avançada pelo jornal Evening Standards, que conta que a dona do cão disse estar disposta a pagar o montante necessário, qualquer que ele fosse, para voltar a ter a a companhia do labrador em Knightsbride, na capital britânica.
 
John Judd, o motorista do táxi que aceitou este pedido incomum, explicou ao órgão de comunicação inglês como tudo aconteceu. “A senhora perguntou-me se eu transportava cães no meu táxi. Como era uma cliente habitual, disse-lhe que sim”.
 
“Ela pediu-me para estimar quanto custaria levar o cão até à sua casa em Knightsbridge e eu perguntei-lhe onde estava o animal”, acrescentou o taxista. Mas a grande surpresa veio depois.
 
“A resposta dela foi, sem dúvida, algo que nunca esquecerei: Madrid”. Para cumprir a missão, John Judd viajou de ferry até Santander, Espanha, com o seu táxi, e conduziu mais quatro horas para chegar à capital espanhola e ir buscar o cão.
 
A viagem foi atribulada já que ao passar por Calais, em França, o veículo foi intercetado por um polícia que constatou que o certificado veterinário do animal tinha expirado há seis meses. Consequentemente, o cão não poderia viajar sem passar primeiro por uma clínica veterinária.
 
Porém, a situação acabou por resolver-se e, depois de muitos e muitos quilómetros e cerca de 16 horas de viagem, a dona reencontrou-se com o labrador e pagou a tarifa devida – a mais alta de sempre na carreira do taxista, cujo valor preferiu não revelar.
 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório