Mundo

Stradivarius bate recorde em leilão a favor do Japão

NULL
Versão para impressão

Um dos mais raros violinos Stradivarius do mundo foi vendido, esta terça-feira, pelo valor recorde de 11 milhões de euros num leilão para auxiliar as vítimas do tsunami do Japão. O instrumento foi construído pelo famoso maestro Antonio Stradivari em 1721 e é um dos dois mais bem preservados exemplares existentes

De acordo com o comunicado de imprensa da Tarisio, a casa que realizou o leilão, o violino leiloado tem a alcunha de 'Lady Blunt' por ter pertencido, durante mais de 30 anos, à neta do poeta britanico Lord Byron.

O instrumento está “quase no mesmo estado de quando deixou as mãos de seu criador”, o luthier italiano Antonio Stradivari, afirmou um dos especialista consultado pela Tarisio, Andrew Hill.

Este violino, um dos 600 ainda existentes dos que foram produzidos pelo maestro de Cremona, pertencia desde 2008 à Fundação de Música Nipónica, que decidiu vendê-lo para ajudar os desalojados do pior desastre natural registado no Japão desde a Segunda Guerra Mundial.

Kazuko Shiomi, presidente da fundação, afirmou: “Embora este violino fosse muito importante para a nossa coleção, as necessidades dos nossos companheiros japoneses exigem que todos ajudemos da maneira que pudermos.”

O terremoto de 9 graus na escala Richter e o posterior tsunami de 11 de março, no Japão, deixaram mais de 23.000 mortos e desaparecidos na costa nordeste do país. A onda gigante também provocou o maior acidente nuclear em 25 anos.

Clique AQUI para ver fotos em alta definição do violino.

[Notícia sugerida por Ana Freitas]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório