Sociedade

Segurança: inaugurada rede única de comunicações

O Ministério da Administração Interna (MAI) anunciou a conclusão do sistema único de comunicação digital via rádio denominado Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP).
Versão para impressão
O Ministério da Administração Interna (MAI) anunciou a conclusão do sistema único de comunicação digital via rádio denominado Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP).

Dez anos depois do lançamento do primeiro projeto do SIRESP, o sistema entrou agora em funcionamento em todo o país, fruto de uma parceria público-privada.

“Este é um importante sistema de comunicações que pretende dotar as forças e serviços de segurança, emergência, protecção civil e socorro de uma rede única de comunicações, a nível nacional, de modo a garantir a protecção e o socorro das comunidades”, explica o MAI em comunicado.

A partir de agora a forças de segurança em Portugal e na Madeira falam a mesma língua: GNR, polícia, Protecção Civil, INEM, SEF e PJ.

“Todas estas entidades estão em contato umas com as outras e entre si. E permitem muito mais facilmente gerir os recursos humanos e materiais para acorrer ao incidente”, explicou Carlos Machado, presidente da União de Missão do SIRESP, citado pela TSF.

O SIRESP é composto por mais de 500 torres de comunicações, incluindo a rede seis comutadores de tráfego, 53 salas de despacho, equipadas com 139 consolas, e ainda duas estações móveis que têm como objectivo reforçar o sistema de comunicação por satélite.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório